A dúvida continua sendo uma marca do ambiente eleitoral em Ipatinga, embora a segunda-feira fosse o dia derradeiro para o registro das atas das convenções partidárias. A última das candidaturas a se apresentar, a de Sebastião Quintão (PMDB), continua sendo uma incógnita, inclusive para o próprio candidato, a julgar pela ata apresentada, que abre espaço para a indicação de Rosângela Reis (PROS) se tornar a eventual candidata da coligação no caso de impedimento de Quintão. A ata prevê ainda que se houver esta mudança, o PMDB indicará o vice. A ressalva também dá pouca consistência à candidatura a vice do advogado Jesus Nascimento (PSDB), registrada ontem na chapa de Quintão, que pode permanecer ou não se Sebastião Quintão for inviabilizado eleitoralmente.

TUCANOS

Outro problema surgiu já na formação da coligação quando o setor do PSDB liderado pelo empresário e presidente do partido, Gustavo de Souza, indicou o apoio à candidatura de Eduardo Figueredo, da Coligação Ipatinga Quer Mudança, abrindo uma divisão no partido. Eduardo Figueredo é apoiado pelo suplente de senador e ex-secretário de Estado, Alexandre Silveira, que tem ascendência sobre Gustavo de Souza.

Entretanto, a Executiva Estadual do PSDB, acionada por militantes descontentes com o apoio a Figueredo decidiu mudar o curso da articulação. Após uma intervenção feita pela direção estadual do PSDB, a ata apresentada na tarde de segunda-feira já indicava o apoio tucano à coligação de Quintão, “rasgando” a ata feita anteriormente pela Convenção Municipal .

AS CANDIDATURAS

Excetuando a confusão aberta pelas incógnitas da chapa peemedebista, o cenário em Ipatinga é bem delineado em relação aos demais concorrentes.
A prefeita Cecília Ferramenta (PT) concorre à reeleição em chapa pura tendo como vice o vereador Agnaldo Bicalho (PT). Quinze candidatos foram inscritos para disputar as cadeiras da Câmara Municipal, sendo 10 homens e 5 mulheres.

O vereador Roberto Carlos é candidato a prefeito ao lado do empresário João Chico, vice, pela coligação composta pelos seguintes partidos: PT do B, PRP, PTN, PMB, DEM e PEN.
A coligação composta pelo PSB, PSDL, PP e PSD é encabeçada pelo advogado e presidente da 72ª Subseção da OAB Eduardo Figueredo e tem como candidata a vice-prefeita a diretora executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Consaúde), Eloiza Fátima Souza Dalla Vecchia.
O PCB também apresentou uma chapa pura liderada por Daniel Cristiano como candidato a prefeito e Paulo Renato, como vice. O economista Robinson Ayres é candidato a prefeito do Psol ao lado de Lucas Portuense (vice).

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários