Além do lançamento de três novas músicas, apresentação realizada no Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil contou com homenagens a Beto Guedes, Lobão, Djavan e Vander Lee 

Foto: Sylvio Coutinho

 

*Por Felipe José de Jesus/Grupo Balo

Mostrando que é um dos destacáveis nomes da nova safra da música brasileira, o cantor e compositor Aldrin Gandra fez uma apresentação  empolgante e intimista de suas novas músicas “Simples Assim”, “Acabar Com a Guerra”, “Me Sinto Só” e outras que fazem parte do álbum “Quadrado Azul”. O show, realizado no último sábado (22), no Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec, trouxe também um repertório repleto de músicas conhecidas e homenagens justas a nomes de peso da música nacional, como Beto Guedes, Djavan, Vander Lee e demais artistas.

Com muita simpatia, ele abriu o show com a canção “O Mar é Tudo” já deixando claro que dali para frente o romantismo e boas “vibes” seriam o carro chefe do seu show. Com referências claras de Beto Guedes e do renomado Clube da Esquina, Aldrin Gandra foi acompanhado pelo público na música “Olhos D’Água”, sucesso muito conhecido nos anos de 1980, também gravado pela cantora Patrícia Marx. Em seguida ele animou o público com as novas músicas “Acabar com a Guerra”, “Simples Assim” e “Me Sinto Só”. Dando sequência ele cantou as músicas “Falsas Psicologias” e a bela “Fazenda” que fazem parte do álbum “Quadrado Azul”.

Abrindo o repertório de homenagens em seu show, Aldrin Gandra foi acompanhado pelo público ao cantar a música “Românticos”, do ícone da música mineira, Vander Lee. Com afinidade musical do artista, ele deixou o refrão conhecido para os fãs cantarem.: “Românticos são poucos. Românticos são loucos desvairados. Que querem ser o outro. Que pensam que o outro é o paraíso”. Mas além do romantismo, o show também teve espaço para muita animação com bastante pop rock. Na música “Me Chama”, sucesso dos anos de 1980, do cantor e compositor Lobão, Aldrin Gandra animou o público incluindo um pouco de sua identidade na canção.

Outros sucessos dos anos de 1980 também foram lembrados na apresentação. A canção “Tempo Perdido” da Legião Urbana, foi acompanhada em coro pelo público presente e em seguida, João Penca e Seus Miquinhos Amestrados, grupo de sucesso da mesma época, também foi lembrado com a canção “Pop Star”. Para essa música, o cantor Aldrin Gandra convidou o músico  Leandro Lima para dividir os vocais. Com empolgação, o público cantou o refrão conhecido da canção.

Bis

Fechando o show com chave de ouro no Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec, Aldrin Gandra tocou a música “Sina”, do cantor e compositor Djavan. Mas, foi solicitado pelo público que pediu “bis” de algumas canções de seu álbum “Quadrado Azul” como “Falsas Psicologias” e também a bela e nova “Simples Assim”. Agradecendo, Aldrin Gandra e sua banda fizeram uma selfie com o público e sob fortes palmas, reforçaram que o álbum “Quadrado Azul” é umas das grandes novidades e destaques da música nacional.

Todas as canções de Aldrin Gandra estão disponíveis nas principais plataformas digitais e o artista também está presente nas redes sociais  Instagram (@aldringandraa) e Facebook (https://www.facebook.com/aldringandra).

Sobre o autor

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários