Mineira que já expôs trabalhos em Paris – no Museu do Louvre – Finlândia, Estados Unidos e Rio de Janeiro, apresenta suas obras pela primeira vez na capital até o dia 8 de junho, na Galeria de Arte da Assembleia Legislativa de MG

A exposição Dimensões, da artista plástica mineira Lila Hamdan, que está em cartaz desde o último dia 21, na Galeria de Arte da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho), entra na reta final. Quem quiser apreciar as obras da pintora e escultora terá até sexta-feira 8 de junho para visitar a mostra, que tem entrada franca.

O artista plástico, professor de arte e colunista artístico Gedeon Messias, esteve na exposição e fez um relato de sua experiência.

“Costumo dizer que sei quando realmente uma obra foi impactante, quando saio de uma inspiradora exposição e tenho vontade de produzir, criar. Fazer algo que nem sei o que é, nem como, mas sei que está lá, em algum lugar. E assim foi quando tive o prazer de visitar a exposição “Dimensões”, da talentosíssima Lila Hamdan. Uma exposição tão vibrante quanto a própria artista, que de atriz a cineasta, encontrou nas artes plásticas a sua mais profunda vocação. Entre esculturas inquietantes que nos transmitem a sensação de um mundo paralelo, universos infinitos, e uma pintura que, mesmo com uma paleta restrita em cores, consegue alcançar dezenas de tons, ambos os estilos são carregados de uma energia cósmica incrível, de mundos sensoriais a serem descobertos. Ao transitar pela exposição, olhando os corpos entrelaçados dos personagens da Lila, e as cores vivas que podem variar de um amarelo intenso a um café compacto… O caminho se torna infinito. Você vai de um lado para outro, retorna ao início, não sabe se está no fim, volta novamente… E assim o ciclo se repete por horas. Até que no final só resta nos perguntarmos: Quem somos, de onde viemos, para onde vamos? Cada um em busca da sua descoberta, da sua Dimensão!”

A exposição é composta por telas em acrílica sobre tela e esculturas em bronze e resina. Lila Hamdan evita rotular o seu trabalho. Para ela, o mais interessante é ter o olhar do público sem nada definido. “Não quero que quem observa a minha arte venha com uma concepção. Gosto do indefinido, da descoberta, e em minhas obras eu busco a pesquisa por novas linguagens, com formas variadas de expressão”, explica a artista. “Esta é uma oportunidade Minas Gerais conhecer as minhas criações. Tive a honra de expor no Museu do Louvre, em Paris, na Galeria Arslonga, na Finlândia, na Spectrum Miami, em três edições da Feira de Arte Artigo, do Rio de Janeiro, na Galeria Flory Menezes, em Búzios e no espaço Oscar Ono em Nova York. E agora fui selecionada para expor na Galeria da Assembleia, na capital mineira, onde estou apresentando obras inéditas”, completa.

Atriz desde 1980, em 2008 Lila Hamdan começou a pintar e desde então se dedica integralmente às artes plásticas. Exposições da artista pelo mundo:

 

MUSEU DO  LOUVRE – PARIS – Art Shopping, Salon Internacional D’Art Contemporain no Le Carrousel du Louvre – outubro de 2017.

GALERIA ARSLONGA – Helsinki, Finlândia – agosto e outubro de 2017

SPECTRUM MIAMI – dezembro de 2017 – Miami

ESPAÇO OSCAR ONO – NOVA YORQUE – abril e maio de 2018

GALERIA FLORY MENEZES – BUZIOS– RJ –Abril de 2018

GALERIA DE ARTE ASSEMBLEIA LEGISLATIVA  DE MG – Selecionada para expor em maio e junho de 2018

GALERIA 27- BUZIOS/ RJ  – Rua das Pedras – Janeiro e Fevereiro/ 2018

FEIRA DE ARTE ARTIGO – Rio Casa Shopping – Novembro/ 2017

FEIRA DE ARTE ARTIGO – Porto Maravilha – Rio/ 2015

FEIRA DE ARTE ARTIGO – Rio/ 2014

 

Serviço:

Exposição: Dimensões

Artista plástica: Lila Hamdan

Período: 21 de maio a 8 de junho de 2018, de segunda a sexta, das 8h às 18h

Local: Galeria de Arte da Assembléia Legislativa de Minas Gerais – Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, Belo Horizonte/MG

Classificação indicativa: livre

Entrada franca

Mais informações: 31 2108 7826

Lila Hamdan no Facebook: www.facebook.com/lilaartistaplastica

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários