O vereador Marcos da Luz, líder da bancada do PT na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano, contestou ontem (terça-2) a Nota Oficial do prefeito Marcos Vinícius (PSDB) acerca do fechamento do Hospital São Camilo (link abaixo), no qual o mesmo afirma que não foi notificado e joga a culpa exclusivamente para o Governo do Estado.

“É no mínimo incoerente o atual prefeito. Quando era candidato ele dizia que o funcionamento do Hospital era de responsabilidade da Prefeitura. Agora ele, literalmente, lava as mãos e cruza os braços. Com esta sua atitude, ele está colocando em risco a vida das pessoas. Na qualidade de médico, ex-diretor clínico do hospital e profundo entendedor de saúde pública, como ele mesmo se apresenta, o prefeito tem a obrigação de participar e assumir efetivamente o problema em busca de soluções, fazendo gestões junto ao Estado e União”, enfatiza Marcos da Luz.

Segundo o parlamentar, a administração municipal precisa “colaborar” para que o hospital não venha a ser fechado, como foi noticiado pela imprensa regional. Além da contribuição financeira por parte do Município, ele cobra que o prefeito use de sua força política para manter o Hospital São Camilo aberto.

“O Governo Federal, do traidor Temer, tem o apoio irrestrito do seu partido, o PSDB, o deputado federal tucano Domingos Sávio é seu padrinho e aliado político. Ou seja, hoje o prefeito tem todas as condicionantes, segundo o seu próprio entendimento durante a campanha, para dar uma solução definitiva para que o Hospital São Camilo venha a funcionar em sua plenitude, na clínica, pediatria, maternidade, traumatologia, cirurgias e nas outras atividades que são importantes para a assistência a saúde de nossa população”, ressalta.

Ouvidoria – O vereador também acionou a Ouvidoria do SUS solicitando informações oficiais quanto ao noticiado na região, dando conta do encerramento do contrato do Estado com a Sociedade Beneficente São Camilo, mantenedora do Hospital São Camilo, em Coronel Fabriciano, o que teria motivado a suspensão do atendimento a partir de ontem (02).

“Na oportunidade, apelamos ao Governo do Estado para a renovação do contrato ou nova contratação, visando a manutenção da referida unidade hospitalar aberta em nossa cidade. Vamos continuar cobrando da Prefeitura e do Estado que o Hospital permaneça aberto e continue funcionando da melhor maneira possível”, concluiu Marcos da Luz.

            Veja a nota da PMCF

http://www.fabriciano.mg.gov.br/detalhe-da-materia/info/nota-sobre-o-hospital-sao-camilo/59444

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários