Autor da iniciativa, Marcos da Luz salientou a necessidade de financiamentos públicos destinados a projetos, atendimentos e assistência, por meio de psicólogos e médicos, aos autistas

Foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano a concessão de Moção de Aplauso do Legislativo Municipal ao Centro de Integração Azul (CIA), responsável por coordenar o trabalho dos pais e amigos de crianças autistas na cidade e região. A iniciativa da honraria é do vereados Marcos da Luz (PT), também autor da lei que declarou, há quase dois anos, a entidade como sendo de Utilidade Pública, ou seja, apta a receber recursos do Poder Público local.

“Essa Moção de Aplauso direcionada ao CIA também está ligada à passagem do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, em 2 de abril. A homenagem também visa prestar o devido reconhecimento e reiterar o nosso apoio a esse trabalho da entidade. Por meio da nossa iniciativa, estamos dando voz a essa causa, a essa luta, a esse movimento aqui na Câmara. Já temos, inclusive, agendas para maio e junho, onde daremos continuidade a esse trabalho”, destacou Marcos da Luz.

A presidente do CIA, Rosilene Pereira Gonçalves, agradeceu a homenagem do Legislativo e informou que a entidade promoverá palestra no próximo dia 20 sobre a vida da família após o diagnóstico de autismo. Já no mês seguinte, segundo a dirigente, em alusão ao Dia Mundial do Orgulho Autista, comemorado pela ONU em 18 de junho, está prevista a preleção de um advogado, que prestará esclarecimentos referentes aos direitos da pessoa com autismo.

“Estamos na busca por um espaço onde poderemos promover tratamento adequado, especialmente às crianças autistas. Tudo o que elas precisam é de uma chance, visto que são capazes de se desenvolver no futuro”, frisou Rosilene Gonçalves.

 

Poder Público

Por fim, Marcos da Luz salientou a necessidade de financiamentos públicos destinados a projetos, atendimentos e assistência, por meio de psicólogos e médicos, aos autistas.

“Quero, mais uma vez, destacar o que eles (entidade e autistas) realizam, algo que tanto nos ensina. As famílias possuem em suas casas anjos, crianças que precisam ter toda a atenção, sobretudo do Poder Público, e é esse o nosso papel enquanto agente político”, concluiu o parlamentar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários